REDE MEMORIAL FORTALEZA & instituto carpe diem

formação ON LINE em tanatologia - Matrículas ABERTAS parcelado em até 12 vezes no cartão

material didático

Material didático personalizado e preparado com técnicas e vivências.

certificado

Emitido pelo Instituto Carpe Diem de Psicologia e Tanatologia.

Corpo docente

Professores, Doutores, Mestres e Especialistas com ampla experiência de ensino.

a QUEM SE DESTINA

Profissionais de diversas áreas que no seu cotidiano de trabalho se deparam com as questões do viver e morrer, do luto e perdas concretas e simbólicas.
É também indicado para estudantes que queiram se preparar melhor para lidar com as questões do viver e morrer. Recomendado para profissionais da área de saúde, Ciências Humanas e Sociais, Pedagogia, Serviço Social e Direito.

Tudo que você queria saber sobre a morte e o morrer

aulas via plaforma zoom

CoORDENAÇÃO ACADÊMICA

Formação em Tanatologia Grupo Memorial Fortaleza

Prof. Erasmo ruiz

DOCENTE

Psicólogo Pela USP (1989);
Mestre em Educação pela UFSCar (1994); Doutor em Educação pela UFC (2002).
Professor do Instituto Carpe Diem.
Professor da UECE (Universidade Estadual do Ceará) onde ministra Introdução à Tanatologia para as graduações
de enfermagem, medicina e serviço social.

Formação em Tanatologia Grupo Memorial Fortaleza

Profa. Cristina de Oliveira

DOCENTE

Graduada em Psicologia pela UFC,
Especialista em Saúde Pública pela UECE, Tanatóloga, profa.
Co-fundadora do Instituto Carpe Diem de Psicologia e Tanatologia.

informações sobre o curso

matriz curricular

1) O que é Tanatologia. Aspectos Históricos e Culturais da Morte

2) Interrelações entre Morte e Filosofia.

3) A Morte como Tabu na Contemporaneidade

4) Morte e Desenvolvimento Humano: Infância e Adolescência

5) Morte e Desenvolvimento Humano: Maturidade e Velhice.

6) Morte e Problemáticas Bioéticas: Eutanásia, Suicídio e Suicídio Assistido

7) O Processo de Perda e Luto: aspectos Teóricos

8) Morte, Humanização e Cuidados Paliativos.

9) Aspectos Estéticos e Artísticos da Morte

10) Educação para a Morte e o Morrer.

Formação em Tanatologia Grupo Memorial Fortaleza
Formação em Tanatologia Grupo Memorial Fortaleza

Objetivo

Sensibilizar e ampliar o horizonte de compreensão de estudantes e profissionais sobre as questões do viver e do morrer. E capacitar estudantes e profissionais para melhor lidar com as intervenções relativas ao campo da Tanatologia

Formação em Tanatologia Grupo Memorial Fortaleza

carga horária total

170 horas totais.Incluindo aulas, leituras, fórum, produção de texto e atividades com o professor.Aulas uma vez por mês, no último fim de semana de cada mês: sexta das 19h às 21h; sábado das 9h às 11h e das 14h às 16h.

Formação em Tanatologia Grupo Memorial Fortaleza

Valores

R$ 1.400,00 Valor integral.

Opçoes de pagamento: 
-Cartão de Crédito : Parcelado em 12 vezes sem juros.

-Boleto - À vista

 

Formação em Tanatologia Grupo Memorial Fortaleza

requisito técnico para inscrição

Requisto técnico: acesso a internet, dispositivo para acesso (exemplo: notebook, smartphone ou tablet), Microfone, áudio e webcam.

Formação em Tanatologia Grupo Memorial Fortaleza

duração do curso

Encontro 1 X no mês. Duração de 10 meses - 1 Módulo mensal.

Perguntas Importantes

O aluno precisa ter acesso a internet no dia da aula, possuir um computador, tablet ou celular. 

As aulas serão via plaforma ZOOM, onde receberão um LINK de convite para a aula. 

Todo mundo morre. Afirmativa aparentemente banal, expressa-se como uma das raras verdades absolutas. Ninguém duvida que morrerá um dia. Aprendemos essa lição desde a mais tenra infância.

Entretanto, saber que morreremos não parece livrar-nos do temor sobre o que acontecerá quando morrermos, seja pelas inúmeras possibilidades que se apresentam (morrer com dor, violentamente, repentinamente, serenamente, etc), como sobre o que virá, ou não, depois que morrermos.

A morte é a senhora do desconhecimento. Ainda assim, ela parece irmanar os homens pelo que provoca. Precisamos de rituais para oferecer sentidos a algo que parece não ter sentido, nas palavras de Goethe, uma impossibilidade que de repente acontece. O vazio deixado pela morte precisa ser de alguma forma preenchido, nem que parcialmente, pela fé de que o fim não é absoluto, pelas elegias que divinizam a vida comum do morto, pelo remoer da memória que afirma ao mundo que aquela vida valeu a pena ser vivida.

Dessa forma, a morte torna-se um problema para os vivos. Acompanha a construção da condição de nossa humanidade desde seus primórdios até que, depois de milênios, transformou-se em um tema tabu para grande parte das pessoas.

Mas isso cobra um grande tributo. Se a morte está imersa no tabu, significa que deixamos de ser capazes de lidar com ela de uma forma mais humana e natural. Uma das piores consequências disso é não ter a morte na elaboração dos projetos de existência e, dessa forma, lidar com o tempo finito como se fôssemos infinitos neste plano. Deixamos então para um amanhã que nunca chega o que podemos fazer aqui e agora.

 

A melhor maneira de se quebrar o tabu é perder a vergonha de falar sobre o tema proibido. É extravasar nossa curiosidade sobre ele. É retirá-lo do cárcere e fazer com que caminhe livre como uma criança no parque.

O objetivo dessa formação é não só saber mais a respeito do grande mistério da vida, mas também fazer com que o falar sobre a morte possa ser uma das chaves para tornar nossa existência mais feliz e plena.

Sob a coordenação acadêmica do Prof Erasmo Ruiz e a Profa Cristina de Oliveira o Memorial Funeral Home sediará o curso.

 
 

A Tanatologia é o estudo interdisciplinar das atitudes dos indivíduos e grupos diante da morte e do morrer. É, portanto, recomendada para profissionais de diversas áreas que no seu cotidiano de trabalho se deparam com as questões do viver e morrer, do luto e perdas concretas e simbólicas.
É também indicado para estudantes que queiram se preparar melhor para lidar com as questões do viver e morrer.
Recomendado para profissionais da área de saúde, ciências humanas e sociais, pedagogia e direito.

 
 

O Instituto Carpe Diem de Psicologia e Tanatologia nasceu das preocupações conjuntas dos professores e psicólogos Cristina Oliveira e Erasmo Ruiz sobre a problemática da morte como tabu, buscando formas de ultrapassá-lo como condição para uma existência mais feliz e plena. As origens do Instituto remontam ao ano de 2014 primeiro com a criação de uma página (fan page) no Facebook hoje com mais de 173 mil seguidores. Com o tempo, percebemos a necessidade de criar um braço institucional para propagação de cursos, formações e outras atividades com o objetivo de melhor preparar profissionais e estudantes, bem como seu fortalecimento curricular. Nossa missão é a criação de espaços para discussão e reflexão onde falar sobre a morte não seja um tabu e assim colaborar para o aprendizado de uma arte de bem viver.

Nos encontre no Instagram @carpediem_psi_tanato e no Facebook na página Carpe Diem: sobre a morte e o morrer.

Sendo a Tanatologia ciência interdisciplinar mas não uma profissão reconhecida, o título de tanatólogo é socialmente reconhecido a quem se dedica em profundidade pessoal e profissional ao estudo das questões relativas ao morrer.

Inscreva-se

Open chat
Precisa de ajuda ?